Porsche - Pneus

Pneus

Tudo parte do desempenho

Não é apenas o motor que cria o desempenho dinâmico de um automóvel desportivo do seu Porsche. Os pneus desempenham também um papel essencial. Afinal, são a única parte do seu Porsche que está em contacto direto com a estrada. Assim, cada rotação do motor, cada movimento do volante e cada toque no pedal do travão só podem ter efeito graças aos pneus corretos.

É claro que os pneus corretos variam de acordo com o modelo Porsche e o tipo de roda. A escolha incorreta e não aprovada pode afetar negativamente o desempenho, o manuseamento e a segurança. É por isso que o seu Consultor de Assistência pessoal fornecer-lhe-á a informação de que necessita sobre os mais recentes pneus com classificação «N» aprovados pela Porsche, e sobre a razão pela qual nunca deverá instalar outros pneus no seu Porsche.

Pneus Porsche

Porsche - Pneus de verão

Pneus de verão

Porsche - Pneus de verão

Pneus de verão

Sabia que, no verão, o asfalto pode atingir temperaturas de até 60 °C? Ou que o seu Porsche está sujeito a cargas laterais de até 1,3 g ao curvar? Os pneus de verão recomendados pela Porsche com marcação «N» utilizam um composto de borracha especial que permanece estável mesmo com temperaturas elevadas. Com um padrão de banda de rodagem otimizado para superfícies de estrada de verão, oferecem uma melhor aderência, maior estabilidade nas curvas e distâncias de travagem mais curtas. A resistência ótima ao rolamento ajuda também a garantir a eficiência de combustível.

Porsche - Pneus de inverno

Pneus de inverno

Porsche - Pneus de inverno

Pneus de inverno

Mais de 60% dos condutores considera a condução em neve uma situação muito desafiante. Os pneus de inverno recomendados pela Porsche - identificados pela marcação «N» - fornecem-lhe uma aderência segura e mais confiança em condições de condução no inverno. O segredo encontra-se na composição dos materiais. Fabricados com uma borracha que não endurece com o frio, mantêm maior aderência mesmo a baixas temperaturas. Apresentam também padrões de banda de rodagem especialmente desenhados para desviar a água, proporcionar um bom apoio lateral e recolher neve para maior aderência.

Porsche - Pneus desportivos

Pneus desportivos

Porsche - Pneus desportivos

Pneus desportivos

O nosso sistema nervoso envia comandos de movimento ao nosso cérebro a velocidades de até 300 km/h. Os pneus desportivos com marcação “N” transmitem imediatamente cada manobra de direção.

Porsche - Pneus para todas as estações

Pneus para todas as estações

Porsche - Pneus para todas as estações

Pneus para todas as estações

Se preferir não substituir os seus pneus nas mudanças de estação, os pneus para todas as estações aprovados pela Porsche oferecem o compromisso perfeito entre aderência, manuseamento e estabilidade dos pneus de inverno e verão de melhor desempenho.

«N» para segurança e prazer

Pneus Porsche com marcação «N»
Pneus Porsche com marcação «N»

Todos os pneus do seu Centro Oficial Porsche Porsche fazem parte da gama de pneus personalizada Porsche. Esta gama foi criada pela Porsche ao longo de muitos anos em estreita colaboração com os principais fabricantes de pneus. A Porsche trabalha com os fabricantes de pneus para desenvolver em conjunto o tipo de pneu ideal para cada modelo para atender aos seus requisitos especiais de desempenho. O fato de os pneus terem sido cuidadosamente ensaiados e aprovados pela Porsche é indicado pela marcação N (a letra significa “Nürburgring”, o local onde os pneus são ensaiados).

A seguir ao N, uma segunda letra indica a linha do modelo. Mais detalhes podem ser encontrados na ficha técnica de cada pneu.

Por exemplo, o pneu Porsche 992 será marcado com NA, indicando que é:
N – aprovado pela Porsche
A – desenvolvido para o Porsche 992

Os pneus com marcação N da Porsche diferem dos outros principalmente em termos de geometria, composição de borracha e métodos de ensaio.
Os ensaios cobrem três áreas principais:
1. Critérios subjetivos ao ar livre, como manobrabilidade e conforto de condução
2. Critérios objetivos ao ar livre, como desempenho na travagem e vida útil
3. Critérios para locais cobertos, como resistência à rodagem e desempenho a alta velocidade

Durante o desenvolvimento, a geometria dos pneus e a composição da borracha são especialmente adaptadas aos veículos Porsche. Seja para todas as estações, verão, inverno ou competição, os pneus Porsche N oferecem excelente estabilidade de condução e o máximo prazer de condução. Também garantem que o seu veículo mantenha o desempenho de condução original e as margens de segurança, mesmo depois de ter sido equipado com um pneu novo.

Construção do pneu

Reforço do talão: composto por filamentos de aço. Garante que o pneu encaixa com segurança na jante.Reforço do talão: composto por filamentos de aço. Garante que o pneu encaixa com segurança na jante.
Carcaça: várias camadas de fibras têxteis com borracha (sobretudo raiom) no sentido radial (em ângulos retos) à direção da marcha. Estas camadas determinam a capacidade de carga do pneu.Carcaça: várias camadas de fibras têxteis com borracha (sobretudo raiom) no sentido radial (em ângulos retos) à direção da marcha. Estas camadas determinam a capacidade de carga do pneu.
Camadas de cintas: estabilizam a área de contacto e proporcionam estabilidade direcional. Pelo menos duas camadas cruzadas de filamentos de aço.Camadas de cintas: estabilizam a área de contacto e proporcionam estabilidade direcional. Pelo menos duas camadas cruzadas de filamentos de aço.
Revestimento de 0º: esta camada, feita de filamentos reforçados de nylon com borracha, reduz o calor gerado pela fricção. Garante que o pneu mantém a sua forma a alta velocidade.Revestimento de 0º: esta camada, feita de filamentos reforçados de nylon com borracha, reduz o calor gerado pela fricção. Garante que o pneu mantém a sua forma a alta velocidade.
Banda de rodagem: cria o contacto com a estrada. Um perfil negativo assiste a drenagem da água; um perfil positivo afeta a aderência, a tração, a estabilidade e o ruído.Banda de rodagem: cria o contacto com a estrada. Um perfil negativo assiste a drenagem da água; um perfil positivo afeta a aderência, a tração, a estabilidade e o ruído.
Parede lateral: protege o pneu contra danos. Afeta as características e o conforto de condução. As designações do pneu também estão aqui estampadas.Parede lateral: protege o pneu contra danos. Afeta as características e o conforto de condução. As designações do pneu também estão aqui estampadas.
Revestimento interno: camada interna estanque (camada em butilo).Revestimento interno: camada interna estanque (camada em butilo).
Talão: está localizado acima do reforço do talão. Afeta a deformação do pneu no caso de forças laterais, resposta da direção e conforto de condução.Talão: está localizado acima do reforço do talão. Afeta a deformação do pneu no caso de forças laterais, resposta da direção e conforto de condução.

Marcação do pneu

Tipo de pneu: indica o modelo do pneu. O LATITUDE Sport 3 com marcação N, fabricado pela Michelin, é um pneu aprovado para o Macan.Tipo de pneu: indica o modelo do pneu. O LATITUDE Sport 3 com marcação N, fabricado pela Michelin, é um pneu aprovado para o Macan.
Marcação N (N0): identifica os pneus desenvolvidos especificamente para os requisitos dos veículos Porsche. O número descreve o estado técnico aquando da aprovação.Marcação N (N0): identifica os pneus desenvolvidos especificamente para os requisitos dos veículos Porsche. O número descreve o estado técnico aquando da aprovação.
Marca do pneu: indica o fabricante do pneu. A Michelin é o parceiro de cooperação para pneus da Porsche. Os pneus são desenvolvidos em conjunto especificamente para os veículos Porsche.Marca do pneu: indica o fabricante do pneu. A Michelin é o parceiro de cooperação para pneus da Porsche. Os pneus são desenvolvidos em conjunto especificamente para os veículos Porsche.
Identificação DOT: fornece identificação sobre o fabricante, a dimensão, o tipo e a data de produção do pneu. DOT significa Department of Transportation (EUA).Identificação DOT: fornece identificação sobre o fabricante, a dimensão, o tipo e a data de produção do pneu. DOT significa Department of Transportation (EUA).
Data de produção: consiste na semana e no ano de produção (4812 - semana 48, 2012). A propósito, um pneu é considerado novo até 5 anos após a produção.Data de produção: consiste na semana e no ano de produção (4812 - semana 48, 2012). A propósito, um pneu é considerado novo até 5 anos após a produção.
Índices de carga e velocidade: indica a carga máxima do pneu de forma encriptada (101) e a velocidade máxima permitida (Y) à pressão de ar recomendada.Índices de carga e velocidade: indica a carga máxima do pneu de forma encriptada (101) e a velocidade máxima permitida (Y) à pressão de ar recomendada.
Dimensão do pneu: determinada pela largura em milímetros (265), o rácio altura/largura em percentagem (40), a construção do pneu (R = pneu radial) e o diâmetro da jante em polegadas (21).Dimensão do pneu: determinada pela largura em milímetros (265), o rácio altura/largura em percentagem (40), a construção do pneu (R = pneu radial) e o diâmetro da jante em polegadas (21).

Apenas cinco bons motivos para olhar mais de perto

Porsche - Etiqueta de Eficiência de Pneus
Etiqueta de Eficiência de Pneus

Os 5 critérios da Etiqueta de Eficiência de Pneus.

Desde finais de 2012 que os pneus de veículos ligeiros e pesados do mercado na União Europeia necessitam de uma Etiqueta de Eficiência. Outros países fora da UE também adotaram esta Etiqueta, como foi o caso da Coreia, ou tencionam fazê-lo no futuro. A Etiqueta, muitas vezes na forma de um autocolante, indica uma classificação com base em 3 critérios principais: economia de combustível, aderência em piso molhado, ruído de rolamento e, desde o dia 1 de maio de 2021, indicadores de aderência em piso com neve e de aderência em piso com gelo.

Economia de combustível.

A redução do atrito ao rolamento poupa combustível e, consequentemente, reduz as emissões de CO₂. A escala das classes de eficiência de energia varia de A (maior eficiência) a E (menor eficiência).

A poupança de combustível depende, essencialmente, do próprio veículo e das condições de condução. Um estilo de condução económico pode reduzir significativamente o consumo de combustível. Para se obter uma ótima eficiência do combustível, é necessário manter a pressão dos pneus exigida.

Aderência em piso molhado.

A classe de aderência em piso molhado fornece informações sobre as propriedades de travagem em função das condições climáticas e varia de A (menor distância de travagem em piso molhado) a E (maior distância de travagem).

O grau de eficiência depende, essencialmente, do veículo e das condições de condução. Para se obter uma ótima aderência em piso molhado, é necessário manter a pressão exigida dos pneus.

Ruídos de rolamento.

A classificação de ruídos de rolamento fornece informações sobre o nível de ruído dos pneus durante a circulação. A classificação inclui as classes A (mais silencioso) e B (mais ruidoso); os níveis de ruído que correspondiam à classe C já não são permitidos. A intensidade do som é especificada de acordo com o valor absoluto medido em decibéis (dB).

Com efeito: um nível de ruído superior a 10 dB é sentido subjetivamente com o dobro da intensidade. Assim sendo, 70 dB corresponde aproximadamente à intensidade de som de uma conversa ruidosa e 80 dB ao barulho de uma rua com elevado volume de trânsito. A propósito, os ruídos de rolamento exteriores não são idênticos aos níveis de ruído do interior.

Aderência em piso com neve.

Os pneus apropriados para condições de neve extremas possuem o símbolo “Alpino” que consiste numa montanha com três picos e um floco de neve, também visível na parte lateral dos pneus.

Aderência em piso com gelo.

O símbolo de aderência em piso com gelo assinala os pneus nórdicos de inverno, concebidos para circulação em pavimentos com camadas de gelo ou lençóis de neve. Os pneus nórdicos de inverno apenas devem ser utilizados em condições atmosféricas muito desfavoráveis (por exemplo, temperaturas baixas). A utilização de pneus nórdicos de inverno em condições atmosféricas mais favoráveis (por exemplo, temperaturas mais húmidas ou quentes) pode levar a um fraco desempenho, especialmente em termos de aderência em piso molhado, de utilização e de desgaste.

A Etiqueta de Eficiência de Pneus. Não dispensa a marcação N da Porsche.

A nova Etiqueta de Eficiência de Pneus da União Europeia possui três critérios definidos e indicações sobre aderência em piso com neve e gelo para pneus de veículos ligeiros e pesados. No entanto, não se dispensa a marcação N da Porsche.

Além disso, é frequente que haja um conflito de objetivos no que toca aos critérios da Etiqueta de Eficiência de Pneus: um pneu que possua um atrito ao rolamento particularmente baixo, terá sempre uma aderência em piso molhado mais fraca. A Porsche não facilita em questões de segurança e prioriza a aderência dos pneus, tanto em pisos molhados como secos, sobre a economia de combustível. O facto de um pneu com atrito ao rolamento otimizado poupar combustível pode ser tentador, mas no entanto, numa situação de emergência, cada metro da distância de travagem conta.

Apenas os pneus com a marcação N asseguram pneus de alta qualidade, testados e adaptados especificamente ao seu modelo Porsche.

Para mais informações sobre a etiquetagem de pneus, consulte o site da Comissão Europeia (Pneus | Comissão Europeia (europa.eu)). O consumo de combustível pode ser reduzido significativamente através de uma condução amiga do ambiente. Verifique regularmente a pressão dos pneus para melhorar economia de combustível e a aderência em piso molhado. As distâncias de paragem têm de ser sempre cumpridas.

A Porsche e os pneus Michelin

A Porsche e a Michelin têm vindo a trabalhar estreitamente durante quase meio século. Desde 2002, a Michelin é também o parceiro de cooperação global para pneus da Porsche. Isto significa que colaboramos muito antes de qualquer lançamento no mercado de um veículo, para conceber, desenvolver e fabricar pneus especificamente adaptados para corresponder às exigências do novo modelo, e para aumentar a sua segurança, agilidade, controlo e desempenho.

Visitar página