Mais descontraído

A razão pela qual Andorra é o novo destino de viagem do momento

Desde a invenção do carro e a criação das férias anuais, a humanidade dirige-se em massa para o sul de França e o litoral de Espanha. Não é difícil perceber o porquê: existem poucos lugares melhores para sentir o vento nos cabelos, o sol na pele, a atração magnética de uma longa e sinuosa estrada aos nossos pés.

Porém, recentemente, os turistas mais exigentes da Europa programaram os seus GPS para um penhasco ignorado da Península Ibérica: o pequeno Estado montanhoso de Andorra. Encravado entre Espanha a sul e França a norte, o minúsculo principado é o anfitrião dos cumes mais altos, lagos cristalinos, retiros luxuosos e aldeias do tipo Disney, em maior escala do a que sua modesta geografia deveria permitir.

Getting there

Como chegar

Como Andorra não tem um aeroporto internacional, provavelmente chegará por estrada (a menos que queira alugar um helicóptero). Os mais frugais costumam ir de autocarro a partir de Espanha e ouvirá as suas queixas sobre as tortuosas estradas de montanha de Barcelona a Lérida. Contudo, ao volante de um GTS, essas mesmas curvas fechadas tornam-se algo a saborear. Com muitas experiências de condução pouco exploradas que a geografia montanhosa tem a oferecer, começará por passar por montanhas cobertas de gelo antes de encontrar uma estrada ondulante de tipo A, agarrando-se às curvas do rio Gran Valira à medida que desce cada vez mais. Há uma razão pela qual os habitantes locais referem-se ao principado mais oficialmente como o Principado dos Vales de Andorra: o país tem um relevo acidentado.

The charming capital and beyond

Mais que uma capital charmosa

Acabará por pairar nuns vertiginosos 1023 metros acima do nível do mar em Andorra-a-Velha – a capital mais alta da Europa. É igualmente uma meca de compras: a cidade está inundada por lojas duty-free, se quiser comprar uma mala nova ou uma televisão 4K. São inúmeros os que o fazem, servindo as multidões apenas de indicação, mas os que procuram experiências, e não bens materiais, podem preferir ir até Caldea: uma gigantesca pirâmide de vidro que abriga o maior complexo de banhos termais do sul da Europa. As piscinas de nascentes minerais estão abertas até tarde – perfeitas para relaxar após um longo dia na estrada.

Andorra-a-Velha tem os seus encantos, mas a verdadeira beleza do país está na estrada

Enfrentar as encostas

A partir daqui, encontrará algumas das estradas mais pequenas, ventosas e francamente mais desafiantes de Andorra – o melhor para testar um carro. Lance-se em direção a Sant Julià de Lòria antes de percorrer uma série de curvas fechadas através de Aixirivall e Coll Jovell, uma montanha conhecida pelas caminhadas. Melhor ainda, escolha aleatoriamente um pico no horizonte e continue a conduzir. Ordino-Arcalis; o vale Madriu-Perafita-Claror; Coma Pedrosa: uma nação inteira de sucessivas encostas montanhosas e vales exuberantes. Olhe atentamente e verá que grande parte da paisagem é pontilhada por resorts ou chalés escavados em enormes placas de pedra – o local perfeito para uma viagem de esqui ou uma aventura de caminhadas.

Simplesmente delicioso

Aqueles que procuram ganhar calorias em vez de queimá-las, encontrarão muito que lhes abre o apetite. Andorra já foi uma sociedade agrária e a culinária nacional reflete essa história recente. Os ingredientes de origem local estão presentes na maioria dos menus, refletindo inadvertidamente a tendência “da quinta para a mesa” dos restaurantes mais metropolitanos do mundo. Refeições saudáveis de truta, carne e caracóis – os últimos com uma dieta de tomilho de fazer crescer água na boca – são comumente cozidos em lareiras. Pode parecer rústico, mas o churrasco em Andorra não é uma refeição camponesa: o estilo despojado deixa os ingredientes por conta própria. Acompanhe com um copo de Aqua d'Or, o conhaque oficial da vizinha Catalunha, que lhe aquecerá o corpo.

gts_living_more-chill_cooking-open-fire-trout-fish

Depois de alguns dias na estrada, ainda mal arranhou a superfície de Andorra: cada curva fechada revela outra estrada saliente, cada subida e descida é um desvio de última hora. Ainda há muito para ver e, felizmente, há tempo. Embora seja melhor começar agora – enquanto as hordas ainda se esforçam para encontrar o lugar no mapa.

Histórias relacionadas

Mais viagens

Conduzir o Macan GTS numa inesquecível road trip pelo mundo.

Ler a história

Mais escapadelas

As nossas viagens em família ideais no novo Macan GTS.

Ler a história

Explorar os modelos

Macan GTS

O que o apaixona, mais em muito mais. Descubra o novo Macan GTS.

Descubra mais