Mais motivação

O que leva os alpinistas profissionais a chegar mais alto?

O que motiva os alpinistas a enfrentar extremos? Na opinião de Tom Livingstone, alpinista de nível mundial, a sua vocação é inequivocamente: “Emocionante, perigosa e cansativa”. Felizmente, tem ao seu alcance o mesmo tipo de emoção ao volante de um Porsche GTS, mas com muito menos perigo e exaustão.

Tal como a linha GTS evoluiu de um compromisso de excelente performance e experiência sem compromissos, analisamos aspetos da vida que impõem uma superação – com protagonismo para os que desfrutam mais daquilo que amam, fazendo coisas extraordinárias. Para alpinistas como Livingstone, esta motivação inabalável tem tudo a ver com a busca por novos modos – criativos e cada vez mais difíceis – de ascender aos locais mais altos do mundo. Trata-se de retirar mais daquilo que ama da sua paixão. Alguns podem apenas ver uma superfície rochosa, mas para eles é um parque de diversões, repleto de possibilidades.

The drive from within

A motivação interior

Quando se considera o nível geral de conforto e conveniência da vida moderna, pode ser difícil perceber por que motivo alguém se colocaria voluntariamente em situações que exigem um grande sofrimento físico e mental.

Para Livingstone, a resposta é simples e tem eco em quem procura conseguir mais com as suas vidas: "Escalar é a maneira mais intensa, emocionante e gratificante de viver a vida". Mas a motivação para embarcar nestas proezas que desafiam a morte varia muito, consoante a pessoa com quem se fala.

Escalar é a maneira mais intensa, emocionante e gratificante de viver a vida.

Tom Livingstone

Part of the thrill is in taking on the seemingly impossible and making it real

Robert Mads Andersen
High expectations

Elevadas expetativas

A investigação revela também que os alpinistas são motivados pelo stress e pelo risco envolvido na escalada, pois ajuda-os a sentirem que controlam outros aspetos das suas vidas. Damien Gildea, criador de novas escaladas em todo o mundo, diz: "Não podemos controlar um mundo caótico, mas uma montanha é um pequeno mundo finito com limites e parâmetros definidos e apenas estamos ali para agir dentro destes".

A motivação interior dos alpinistas é alimentada pela inspiração em ir mais longe, mais rápido e sentir mais na grandiosa natureza.

Mads Andersen
Chasing adventure

Perseguindo a aventura

Além desse conhecimento científico, os alpinistas citam habitualmente razões menos tangíveis para enfrentar pico após pico. "Adoro a aventura", afirma o famoso alpinista alemão Thomas Huber. "Abordo o desconhecido com todas as minhas capacidades, paixão e parceiros, e tento alcançar o impossível".

Quaisquer que sejam as razões, a inspiração que chega de uma motivação inabalável e compromisso é também incutida na Porsche desde o início. Portanto, seja qual for a montanha que temos para escalar, pode continuar esforçar-se para atingir o extraordinário. E que, para sempre persiga, aquilo que mais prazer lhe dá.

Histórias relacionadas

Mais viagens

Conduzir o Macan GTS numa inesquecível road trip pelo mundo.

Ler a história

Mais descontraído

Explore os espetaculares roteiros e vistas deste país imperdível.

Ler a história

Explorar os modelos

Macan GTS

O que o apaixona, mais em muito mais. Descubra o novo Macan GTS.

Descubra mais