HOME

Navegação principal
Modelos
911

Os motores

911 Carrera
Porsche 911 Carrera - Os motores

Os motores

Você poderia perguntar se carros esportivos ainda são importantes. Seria uma boa pergunta. Mas você poderia perguntar a mesma coisa sobre os sonhos.

A resposta às duas perguntas está no futuro. Ou, para sermos mais precisos, no futuro dos carros esportivos. No 911, o futuro já está aqui. Os motores avançados, altamente eficientes, dão uma contribuição considerável ao menor consumo de combustível, porque é comparativamente baixo. Apenas o som continua a ser inconfundivelmente Porsche.

Os motores do 911 são inequivocamente esportivos, graças ao botão SPORT, um equipamento padrão. Ao apertar o botão, o motor é ajustado para uma resposta mais vigorosa. E a dinâmica do motor se torna ainda mais direta.

O motor de 3,4 litros dos modelos 911 Carrera demonstra, portanto, que o desempenho e a eficiência não precisam ser mutuamente excludentes. Em vez disso, a capacidade menor do motor e o torque máximo aumentado formam a base inteligente que possibilita o aumento da potência de saída de uma maneira ambientalmente aceitável e sustentável. O consumo de combustível e as emissões de CO2 foram reduzidos em até 16 %, em comparação com o modelo anterior.

Na busca por maior eficiência, nossos engenheiros analisaram uma grande quantidade de componentes do motor. Respostas foram encontradas, como o aquecimento rápido do motor e da caixa de câmbio para a temperatura normal de funcionamento, depois de se dar partida no motor através do sistema de gerenciamento térmico, melhor indução de ar e injeção direta de combustível (DFI) extremamente eficaz.

O mesmo princípio se aplica ao motor de 3,8 litros dos modelos 911 Carrera S. Não houve mudanças em cilindrada desde o modelo anterior, mas a potência de saída foi aumentada, enquanto o consumo de combustível foi reduzido em até 15 %.

O peso é fundamental para a eficiência. Essa é a razão por que os motores foram construídos com ligas leves. Assim, se tornaram peso leve, embora com estruturas rígidas. O resultado é consumo de combustível comparativamente baixo e uma vida útil mais longa

O motor é o núcleo inteligente de nossa identidade. O que mais poderia significar “Dr. Ing” (“Doutor Engenheiro”) no nome de nossa empresa?

O motor de 3,4 litros

Os modelos base do 911 Carrera possuem um motor Boxer de 3,4 litros com sistema de injecção directa de gasolina (DFI) e VarioCam Plus. Desenvolve 257 kW (350 CV) às 7.400 rpm. Binário máximo: 390 Nm às 5.600 rpm.

Com a caixa manual de 7 velocidades, isso significa para o 911 Carrera: 4,8 segundos dos 0 aos 100 km/h e uma velocidade máxima de 289 km/h. O novo 911 Carrera 4 atinge os 100 km/h em 4,9 segundos e uma velocidade máxima de 285 km/h.

O motor de 3,8 litros

Os modelos básicos do 911 Carrera são equipados com o motor boxer de 3,4 litros, com injeção direta de combustível (DFI) e VarioCam Plus. O motor desenvolve 257 kW (350 cv) a 7.400 rpm e torque máximo de 390 Nm a 5.600 rpm.

Com a transmissão Porsche Doppelkupplung (PDK) opcional, o 911 Carrera S acelera dos 0 aos 100 km/h em 4,3 segundos e desenvolve uma velocidade máxima de 302 km/h. O novo 911 Carrera 4S cumpre o sprint dos 0 aos 100 km/h em 4,3 segundos e alcança a sua velocidade máxima aos 297 km/h.

*