HOME

Navegação principal
Modelos
911

Porsche Ceramic Composite Brake (PCCB)

911 Carrera Cabriolet

Porsche Ceramic Composite Brake (PCCB)

Porsche é desporto automóvel – desde o início. Desde 1948 que encontramos a nossa identidade na pista de corrida. E os conhecimentos que lá adquirimos transpomos para a estrada. Por exemplo, com o sistema de travagem opcional Porsche Ceramic Composite Brake (PCCB), que já teve de superar as provas mais exigentes nos circuitos de competição, por exemplo, nos veículos da Porsche Mobil 1 Supercup.

Os discos dos travões de cerâmica perfurados do PCCB do 911 Carrera têm um diâmetro de 350 mm à frente e atrás – para uma eficiência de travagem ainda mais elevada.

A utilização no eixo dianteiro de pinças de alumínio de tipo monobloco com 6 êmbolos e de pinças de alumínio de tipo monobloco com 4 êmbolos no eixo traseiro, pintadas em amarelo, garante uma elevada e, sobretudo, constante pressão de travagem durante a desaceleração.

As características do sistema proporcionam uma distância de travagem curta, especialmente em situações de extrema sobrecarga dos travões. Além disso, o sistema reforça a segurança de travagem a alta velocidade, graças à elevada resistência ao sobreaquecimento do PCCB.

A principal virtude do sistema de travões em cerâmica reside no peso extremamente baixo dos discos: estes são cerca de 50% mais leves do que os discos de fundição com o mesmo tipo de construção e dimensões semelhantes. Um factor que não se reflecte apenas de forma positiva nas prestações e no consumo, mas que, sobretudo, permite reduzir as massas não suspensas e rotativas. Resultado: a melhoria da aderência à estrada, bem como um aumento do conforto de condução, especialmente em pisos irregulares. Para uma maior agilidade e uma melhor manobrabilidade.

O desgaste dos discos dos travões e, em particular, das pastilhas dos travões (independentemente do seu tipo) aumenta naturalmente bastante quando o veículo é utilizado em pistas ou com um estilo de condução mais desportivo.

Tal como em relação aos travões de elevado desempenho de fundição, após uma condução intensa é aconselhável uma revisão técnica e, se necessário, a substituição dos componentes.